Salão de Artesanato da Paraíba supera meta de vendas em Campina Grande


​O 24º Salão de Artesanato da Paraíba, realizado em Campina Grande, contabilizou um total de R$ 1.333,088,00 em apenas 17 dias de vendas. Os números superaram a estimativa prevista pela organização, que seria de R$ 1,2 milhão. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (4) pela coordenação do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), listando o ranking das tipologias mais vendidas: habilidades manuais, seguido de madeira, couro, fios, gastronomia e algodão colorido.

Mais de 80 mil visitantes compareceram ao evento – no período de 17 de junho a 3 de julho – entrando para o calendário do Maior São João do Mundo. “O resultado foi surpreendente tanto para a organização quanto para os próprios artesãos devido o período de crise pela qual o país passa. Mesmo assim, conseguimos vender 75 mil peças artesanais, além das inúmeras encomendas no pós-venda e receber mais de 80 mil visitantes. Tivemos ainda uma média de vendas diárias contabilizadas em R$ 78.464. Vale ressaltar sobretudo que, não são apenas turistas de fora do Estado, mas muitos compradores são paraibanos que valorizam a nossa cultura”, comemorou a gestora do PAP, Lu Maia.

Com o tema “Em cada peça, a história de uma vida. Viva o artesão Empreendedor. Viva o Trabalho”, o sucesso do evento também se deu ao trabalho habilidoso dos artesãos com a parte técnica dos produtos, o processo de seleção por meio de edital público para a inscrição no programa do Sebrae de Microempreendedor Individual (MEI), desfiles de moda, exposições, painéis de comunicação visual, a viabilidade de custos zero ao artesão, a estrutura disponibilizada, a programação de palestras, contação de histórias, danças folclóricas, bem como, as apresentações das atrações culturais diárias.

Beneficiados – Nesta edição, o Salão beneficiou cerca de 3 mil artesãos de 80 cidades paraibanas, envolvidos e que fazem parte de associações cooperativas, individuais formalizados. Sendo que 308 artesãos estiveram presentes (78% mulheres artesãs) realizando as vendas e negócios durante todo o período. O evento foi sediado na antiga sede da Ourovel, na Avenida Severino Cabral, próximo ao Parque da Criança.

O serviço de Ouvidoria do PAP, em apoio com o Sebrae, divulgou o balanço de uma pesquisa pública feita com visitantes e artesãos. O resultado foi o alto índice de aprovação devido a organização, eficiência e qualidade técnica dos produtos comercializados.

Próximo Salão de Artesanato – Conforme previsto duas edições anuais, janeiro e junho, a 25ª edição do Salão deverá ser realizada no período de 10 a 30 de janeiro de 2017 no Espaço Cultural José Lins do Rego, em Tambauzinho. O fato se deve ao grande sucesso de público e vendas conquistadas na última edição, ocorrida de 15 a 31 de janeiro de 2016, que contabilizou R$1.370.719,00 também em 17 dias de visitação gratuita.

A meta do PAP será homenagear os antigos mestres artesãos por cada tipologia responsável com o objetivo de resguardar a memória viva desses artistas. A proposta foi aceita por unanimidade entre os artesãos durante da confraternização de encerramento no último sábado em Campina Grande.

Cariri Ligado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s