Diretor de cadeia pública é baleado durante festa, na Paraíba

​Hospital de Emergência e Trauma de Campina

O diretor da Cadeia Pública de Solânea, Alberto de França Costa, foi baleado, na noite desse domingo (23), durante uma festa no ginásio de esportes da cidade.

Segundo divulgado pela Polícia Militar, Alberto foi atingido por um tiro na altura do pescoço. Ele estava em uma lanchonete na frente do ginásio quando, por volta das 23h, um homem se aproximou e disparou o tiro.

O autor da tentativa de assassinato fugiu, mas já foi identificado pela polícia. “Já sabemos quem praticou esse crime e estamos em diligências para capturá-lo desde a madrugada”, informou o cabo Xavier.

De acordo com o delegado Diógenes Fernandes, o suspeito é irmão de dois detentos que cumprem pena na cadeia de Solânea e, quando menor de idade, foi detido por envolvimento em infrações.

"Temos informações que momentos antes do crime o suspeito teve uma discussão com o diretor da cadeia. Ainda não sabemos se foi a partir dessa briga que ele decidiu praticar o crime ou se toda a ação foi premeditada", disse.

Cinco adolescentes foram apreendidos suspeitos de terem participado do crime. Os suspeitos, no entanto, negam envolvimento no caso.

Após ser baleado, o diretor da cadeia de Solânea foi socorrido para um hospital da cidade, mas precisou ser transferido para o Trauma de Campina Grande. Ao Portal Correio, a assessoria do hospital disse que a situação de Alberto de França Costa é regular. Ele está consciente, mas internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Portal Correio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s