Ex-PM é procurado pelo assassinato de mototaxista

​Em-policial militar é foragido da Justiça (Foto: Divulgação)


O ex-policial militar Marcos Alberto Marcelino, 53 anos, principal suspeito da de assassinar o mototaxista Saulo de Tarso Moraes Queiroz, 31 anos, no dia 18 de janeiro deste ano, em Campina Grande, é foragido da justiça.

A delegada de Crimes contra a Pessoa, Tatiana Matos, acredita que o crime ocorrido no Conjunto Major Veneziano IV, está elucidado. Contra o ex-PM, existe mandado de prisão preventiva expedida pelo 2º Tribunal do Júri.

Ainda de acordo com a delegada, o motivo do assassinato do moto taxista foi banal. . “Na data do homicídio, eles estavam em um bar e na saída o moto taxista foi deixar o suspeito na casa do filho, no Conjunto Major Veneziano. Acreditamos que ao chegarem no local houve uma discussão, os dois entraram em luta corporal e Marcos efetuou um disparo de arma de fogo contra Saulo”.

Na ficha do ex-militar, há histórico de má conduta dentro da corporação e a expulsão foi em 1988. Ele também já foi preso e condenado por homicídio, cumprindo pena no Serrotão,

Para a Polícia Civil, o caso está concluído e o nome de Marcos Alberto Marcelino será incluído no endereço eletrônico onde constam as identidades dos criminosos mais procurados no Estado: www.procurados.pb.gov.br.

ClickPB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s