Malafaia critica “otários” e sugere: “aqui não é EUA”

​Dois anos depois de elogiar os Estados Unidos e classificá-los como “maior democracia do mundo” e “baseada em princípios cristãos”, o pastor Silas Malafaia veio a público nesta sexta-feira afirmar que o país vive uma “decadência moral”. As críticas do pastor, líder da igreja evangélica Assembleia de Deus, tiveram como alvo a aprovação, pela Suprema Corte americana, do casamento entre pessoas do mesmo sexo. A decisão, considerada histórica, foi tomada ontem por cinco votos a quatro e vale para todos os 50 Estados americanos.

A legalização do casamento LGBT gerou uma reação de apoio em todo o mundo, de personalidades públicas a engajamento de usuários em redes sociais em prol da campanha.

Em seu perfil no Twitter, Malafaia se mostrou surpreso com a reação da comunidade LGBT no Brasil – onde, aliás, a união civil entre pessoas do mesmo sexo foi aprovada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) já em 2013.

“Porque (sic) os gays no Brasil estão alegres com a aprovação do casamento gay nos EUA? Diferente do Brasil, a constituição americana não prevê casamento entre homem e mulher, por isso, a Suprema Corte teve que decidir. No Brasil, o artigo 226 parágrafo 3º determina o que é família e a permissão para o casamento. Se o ativismo gay quer mudar isso, tem que propor uma PEC no congresso nacional. Aqui ñ é EUA”, escreveu.

Terra

uc?id=0B5ue4O-PFUgddWV5QVFFTUZjQjA&export=download

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s