MP inicia linha de investigação que visa extinguir transporte ilegal de passageiros nos municípios da Paraíb a

​O procurador geral de justiça da Paraíba, Bertrand Asfora, lamentou as mortes de paraibanos que faziam locomoção nos chamados transportes clandestinos, e fez um apelo para que a sociedade não estimule a propagação do meio.

O adiamento de reunião no Ministério Público da Paraíba (MPPB) para discussão de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que trata o transporte ilegal de passageiros no Estado, deixou o procurador preocupado.

– A gente lamenta as mortes. Mas se a gente tem o serviço é porque tem quem utilize. Por que os cidadãos paraibanos preferem usar esse transporte e correr os riscos? A sociedade tem papel fundamental no combate a essas ações – observou.

Em entrevista a rádio Cariri AM, Bertrand afirmou ainda que em breve a Paraíba conhecerá uma linha de investigação nos municípios do Estado que visa extinguir o transporte ilegal.

Severino Lopes
PB Agora

uc?id=0B5ue4O-PFUgddWV5QVFFTUZjQjA&export=download

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s