No Cariri: Polícia e MPF investigam bingos ilegais em praças públicas


A realização de jogos de bingo ilegais em praças públicas de cidades paraibanas foi denunciada, nesta sexta-feira (29), em uma reportagem das TVs Paraíba e Cabo Branco no Bom Dia Brasil. Investigações foram iniciadas pela Polícia Civil e Ministério Público Federal (MPF) da Paraíba para apurar os responsáveis pela prática. Em um dos casos, são investigados um vereador que promovia eventos do tipo e policiais militares e civis que recebiam gratificação para fazer a segurança.

O vereador filmado negou envolvimento na realização de bingos. O delegado regional Marcos Paulo Vilela abriu investigação sobre o caso. Já o comandante regional da Polícia Militar, coronel João da Matta, foi procurado pela reportagem, mas preferiu não comentar o assunto.

No dia 10 de agosto, o vereador de Santo André, no Cariri paraibano, aparece em imagens de uma câmera escondida realizando a chamada dos números durante a realização de um bingo na praça central de Serra Branca, na mesma região.

Sem saber que estava sendo filmado, o vereador de Santo André detalha à produção da reportagem como realizar este tipo de evento ilegal. Segundo ele, cada cartela do bingo de Serra Branca custava R$ 15, o que significa que foram arrecadados mais de R$ 30 mil com a venda dos bilhetes.

O dinheiro seria usado em benefício da Sociedade São Vicente de Paulo, que cuida de idosos de várias cidades da região. Mas o vereador diz que apenas parte foi entregue à instituição. Já a direção da associação afirma que nunca recebeu esse dinheiro. Segundo a diretora Edileuza de Oliveira Santos, o nome da instituição foi utilizado indevidamente.

Ainda durante a conversa, o vereador afirma que pagou R$ 1 mil a policiais militares e civis para garantir a segurança do bingo. "Um ofício para a Militar, um ofício para a Civil… se eu mostrar ali a lista de quanto eu gastei naquele de Serra Branca você tem até um medo. Em Serra Branca eu paguei R$ 1 mil aos policiais. Dez policiais, meu amigo, lá. É tanto que roubaram um carro ainda", disse.

O evento é proibido por lei, segundo o procurador federal João Bernardo da Silva. Em decisão recente, a Justiça Federal reforçou a proibição dos jogos e a expedição, por parte da Loteria do Estado da Paraíba (Lotep), de autorizações para realizar bingos e loterias no estado. Segundo o procurador do MPF, os festivais de prêmios se equiparam ao jogo do bicho na legislação.

Com G1PB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s