Detento acusado pelo assassinato do prefeito de Santa Luzia passa mal no presídio e morre

O apenado Lucas Tavares de Melo, 40 anos, mais conhecido por “ Lucas Neguinha” morreu no início da noite deste domingo (17) após passar mal no presídio de Segurança Máxima Sílvio Porto, em Mangabeira.

De acordo com a esposa do apenado, ela passou o dia com ele no presídio e a noite, e , por volta das 18h10, após o jantar, passou mal e foi levado as pressas para o Ortrauma de Mangabeira, onde faleceu.

De acordo com a polícia, Lucas Tavares foi condenado a 54 anos e três meses e cumpria pena por assalto, formação de quadrilha, assassinato, falsidade ideológica, dentre outros crimes.

A causa da morte do apenado será investigada pela Gerência de Medicina Legal (Gemol) o resultado deverá sair entre 60 e 90 dias.

A direção do presídio não foi encontrada para falar sobre o caso.

Paraíba.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s