‘Sorte’: homem escapa de ser assassinado por pistoleiros pela segunda vez no Sertão

Uma ação providencial da Polícia Militar evitou o assassinato de um homem em Pedra Branca na tarde dessa quarta-feira, 30. Os dois pistoleiros, contratados para executá-lo, foram presos em um bar da cidade quando se preparavam para realizar o crime. A vítima seria um homem conhecido como Malagato, que trabalha na construtora que está construindo a estrada Pedra Branca a Nova Olinda.

Ação da PM começou assim que o Copom do 13º Batalhão de Itaporanga recebeu uma ligação informando que dois homens estavam armados no Bar do Tejo, que fica nas proximidades da casa do homem que seria executado. Imediatamente, o destacamento de Pedra Branca foi acionado: o cabo C. Sousa e o sargento Severo efetuaram a prisão dos acusados, que estavam com dois revólveres calibre 38.

Na delegacia de Itaporanga, Wellington Batista, de 40 anos, que reside em Fortaleza, e Gelis David da Silva, de 24, morador de Choro Limão, também no Ceará, revelaram todo o plano do crime, apontaram o contratante e disseram que receberiam R$ 1.500, uma moto e dois revólveres pelo assassinato.

No momento que eles estavam na delegacia, o telefone de um deles toca, um policial finge de ser um dos acusados e atende: é um homem que pergunta se deu tudo certo.

O policial, então, responde que sim e eles marcam o local onde a dupla deveria ser apanhada pelo contratante. Instantes depois, é preso na entrada de Pedra Branca o motorista Juari Lima Ferreira, de 49 anos, que é de Russas, Ceará, e daria fuga aos dois em uma caçamba, que foi apreendida. Eles seriam deixados em um ponto da região de onde seguiriam em uma moto, que também foi encontrada.

Na delegacia, Juari confessou que havia contratado os pistoleiros a mando de um empresário conhecido como Raimundo Gago, que também é cearense e dono de uma construtora que está atuando em São José de Piranhas. O motivo do assassinato seria o caso amoroso entre Malagato e uma ex-mulher do empresário.

Os dois pistoleiros revelaram ainda que já haviam tentado matar o homem outra vez, foi na cidade paraibana de Mataraca no último dia 27, mas também não deu certo. Os três presos foram encaminhados para a delegacia de Conceição, onde será procedido o flagrante.

MaisPB com Folha do Vale

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s