Acidentes nas BRs mataram 173 pessoas na PB; PRF diz que houve queda de 21,72%


cidente na BR 230

As mortes nas estradas federais diminuíram 21,72% no ano passado na Paraíba em relação a 2012. Se considerarmos o aumento no número de veículos em circulação, que em todo país chegou a 7%, a queda foi ainda maior e chegou ao patamar de 27,1%. Mesmo assim ainda foram registradas 173 vítimas que perderam a vida em acidentes graves nas rodovias que cortam o estado da Paraíba.

De acordo com levantamento da Polícia Rodoviária Federal, o número de feridos aumentou cerca de 0,18% registrando 2.640 pessoas. Os acidentes com morte somaram 160, número que segundo a PRF significa uma diminuição de 13,04%.

Em relação às ocorrências de trânsito atendidas pela Polícia Rodoviária, elas somaram 4.192, que representam 2,29% a mais do que o número registrado em 2012.

Na maioria dos casos, 2.343 não houve registro de vítimas. Do total desses acidentes sem vítimas, 72% deles aconteceram na região metropolitana de João Pessoa.

Falta de atenção, manutenção de distância de segurança entre veículos e velocidade incompatível com o volume de tráfego ou condições meteorológicas estão entre os motivos dos acidentes.

Entre as principais infrações registradas pela PRF no ano passado, o excesso de velocidade lidera o ranking com 5.980 casos. Durante as fiscalizações feitas pelo órgão de trânsito, foram lavrados 51 mil autos de infração e 185 mil veículos foram fiscalizados.
130544.png
Foto: Ranking das infrações registradas pela PRF
Créditos: Assessoria de Imprensa

Segundo a PRF, do total de infrações registradas, quase a metade se refere a infrações que podem causar acidentes graves ou que contribuam para a gravidade das lesões das pessoas envolvidas.

De acordo com o inspetor Lucas Lucena, chefe do setor de fiscalização e policiamento da PRF na Paraíba, em 2013 foram atendidos 336 acidentes, presumivelmente provocado por pessoas dirigindo seus veículos com velocidade incompatível e 54% destes acidentes resultaram em mortes ou feridos.

Por isso uma das ferramentas utilizadas pela fiscalização pela PRF são os radares. No fim do ano passado, dois radares portáteis fotográficos ajudaram a melhorar o trabalho dos policiais. Os equipamentos devem ser utilizados largamente este ano.

No que diz respeito ao cumprimento da Lei Seca, a PRF informou que foram feitos 37,2 mil testes de etilômetro e 1.288 motoristas foram autuados por dirigir embriagados e 438 foram presos em flagrante.

A Polícia Rodoviária Federal informou ainda que em 2013, 737 pessoas foram presas pelo órgão de trânsito, 467 por crimes de trânsito, um aumento de 9% e 16% respectivamente em relação a 2012.

Outras 26 pessoas foram presas por tráfico de drogas e foram apreendidas as seguintes substâncias: 1.673 unidades de anfetaminas, 7,1 kg de cocaína, 62,270 kg de crack e 2,362 kg de maconha.

Ainda foram apreendidos 23 mil pacotes de cigarro contrabandeados e 2 mil 552 equipamentos eletrônicos de origem estrangeira.

Segundo balanço da PRF, foram recuperados 90 veículos com ocorrência de furto ou roubo, 39 pessoas foram presas por envolvimento neste tipo de crime. Dos veículos recuperados, 81% já estavam clonados e durante as operações Sangria III, IV e V, foram apreendidos 47 mil litros de combustível adulterado

Portal Correio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s