PREFEITO DO CARIRI PARAIBANO ESCAPA DE TER MANDATO CASSADO E SER ENQUADRADO NA LEI DA FICHA LIMPA


O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) julgou improcedente, na tarde desta quinta-feira (02), o Recurso Contra Expedição de Diploma (RCED) que pedia a cassação do diploma do prefeito e do vice do município de Serra Branca, respectivamente, Eduardo Torreão Mota (PMDB) e José Severino Pereira (PR). Além da cassação, os autores da ação pediam a inelegibilidade dos dois gestores.

O juiz relator do processo, Márcio Accioly, votou pelo desprovimento da ação por entender que não havia provas suficientes contra o prefeito e o vice de Serra Branca. O voto do magistrado foi acompanhado por todos os demais membros da Corte Regional.

O recurso havia sido impetrado pelo PT e pelo então candidato a prefeito da cidade, Ednaldo Saraiva de Brito. Eles acusaram o prefeito e o vice de terem tido contas públicas rejeitadas e de improbidade administrativa, o que os tornariam políticos ‘ficha suja’

FONTE: NICE ALMEIDA – POLÍTICA PB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s