Chuvas derrubam árvore e deixam ruas alagadas em vários municípios da Paraíba


Árvore caiu e energia elétrica foi suspensa

As chuvas que são registradas desde a noite deste sábado (27) e se estendem até a manhã deste domingo (28) já vem causando vários prejuízos. Em João Pessoa, uma árvore caiu, no bairro dos Bancários, devido a força das águas. Além da Capital, também há sinais de ruas alagadas em Campina Grande e em diversos municípios do Estado.

Até às 11h deste domingo, a única ocorrência de destaque devido as chuvas na Grande João Pessoa foi a de uma árvore, da espécie Acácia, que caiu na rua Luiz Alves Conserva, no bairro dos Bancários. Com a queda, os galhos ficaram em cima da fiação e o fornecimento de energia elétrico teve que ser suspenso até a retirada da árvore. A rua também ficou interditada e o tráfego teve que ser desviado. O fato aconteceu por volta das 06h e não houve vítimas.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de João Pessoa, Noé Estrela, além de ruas alagadas em alguns bairros da Capital, não houve nenhum incidente de desabamento de casas ou barreiras. Esta precipitação já era esperada pelos técnicos do órgão, que estão em alerta.

"Este volume de chuva, de aproximadamente cinquenta milímetros, já estava sendo esperado pela equipe da Defesa Civil de João Pessoa. Por conta disso, todas as secretarias de desastres naturais estão em alerta, caso haja algum incidente. Neste domingo, estamos visitando as áreas de risco, principalmente as comunidades ribeirinhas para alertas a população sobre os riscos", afirmou.

Nas redes sociais, os internautas postaram várias fotos e mandaram mensagens de diversos municípios da Paraíba informando os prejuízos das chuvas. A internauta Leda Alves usou a rede social Facebook para reclamar sobre a situação da rua em que mora, a Manoel Leonardo Gomes, no bairro do Jardim Paulistano, em Campina Grande. "A água fica parada e não tem por onde sair. Só há duas ‘bocas de lobo’ que são insuficientes para dar vazão a tanta água de chuva. Compartilhem até chegar ao prefeito", disse.
Chuvas causam prejuízos na Paraíba
Foto: Moradores reclamam que rua fica alagada toda vez que chove
Créditos: Reprodução/Facebook

Previsão da Aesa

A Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) previa o fim de semana com chuvas isoladas nas regiões do Sertão, Cariri e Curimataú. Já no Agreste, Brejo e Litoral, o sol aparece, mas há possibilidade de chuvas ocasionais. Segundo a meteorologista Carmem Becker, na próxima semana, há previsão das chuvas serem mais frequentes e mais fortes.

O período chuvoso do Sertão, Cariri e Curimataú é de fevereiro a maio e o inverno do Agreste, Brejo e Litoral acontece entre os meses de abril a julho e com essas primeiras chuvas a temperatura já começa a baixar um pouco.

Os 122 açudes monitorados pela Aesa estão hoje com o volume acumulado de aproximadamente 1,5 bilhão de metros cúbicos (1.488.081.947 m³). A capacidade máxima dessas barragens é de 3.942.343.207 de metros cúbicos d’água.

Portal Correio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s