Pesquisadores afirmam que 1 a cada 100 crianças é psicopata


Estima-se que 1% das crianças poderia ser um psicopata inerente, com pais incapazes de observar o comportamento, de acordo com nova pesquisa.

Até agora, crianças que mentem, manipulam e cometem atos de crueldade sem nenhum tipo de remorso, eram cotadas como sendo “fruto” de uma péssima criação familiar.

Mas psicólogos da University College London disseram que dois estudos realizados mostraram que essas características possuem, em grande parte, fundo genético.

Isso significa que punições típicas como castigos são praticamente ineficazes. O chefe da pesquisa, Essi Viding, informou que nestes casos os pais não podem ser responsabilizados pelo comportamento de seus filhos.

Os pesquisadores disseram que as crianças com essas características são insensíveis e sem emoção, classificadas erroneamente em um subgrupo de “jovens com péssima educação”.

Eles preveem que ¼ das crianças classificadas nesse subgrupo podem ter o problema psicológico, o que equivale a 1% de todas as crianças do Reino Unido, local onde a pesquisa foi realizada.

Os cientistas informaram que, embora as crianças com tendências anti-sociais possam ser fruto de uma péssima educação familiar, elas mostraram-se mais propensas à tendências psicopatas.

TVRSUL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s