Irmãos de homem assassinado fazem ‘tocaia’ em velório; bandidos queriam atear fogo ao caixão

Três homens foram presos e um menor apreendido nas proximidades do cemitério São José em Cruz das Armas. Eles estavam ‘vigiando’ o enterro de um homem que foi assassinado na noite de domingo no mesmo bairro e os familiares foram avisados que alguém iria colocar fogo no caixão.

Dos quatro detidos, três eram familiares do gesseiro Joanderson Medeiros de Oliveira, de 20 anos, que foi assassinado a tiro nos inicio da noite de domingo (12). Eles estavam num gol preto nas proximidades do cemitério e tinham uma espingarda calibre 12.

A polícia foi informada, os maiores foram presos e o menor apreendido. O menor assumiu a propriedade da espingarda e os homens prestaram esclarecimento e foram liberados.

Segundo informações da polícia, Joanderson, mais conhecido como Joan, estava bebendo em um bar quando decidiu ir embora. Por volta das 18h50 ele caminhava no cruzamento das Ruas Cruzeiro do Sul com a Centenário quando foi surpreendido por dois homens de moto.

Os desconhecidos não disseram nada e passaram a atirar no gesseiro que foi atingido com vários disparos e morreu no local. Ele já tinha passagem pela polícia, há duas semanas ele foi detido por porte ilegal de armas.

Paraíba.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s